Crédito Pessoal CDC, cartão de crédito ou cheque especial?

emprpessoal1O Crédito pessoal é procurado no Itaucred para diversas modalidades, como viagens, compras de bens, quitação de dívidas e pagamento de surpresas e acidentes financeiros cotidianos. Vamos fazer algumas comparações para que você descubra e possa escolher qual melhor crédito para sua necessidade.

Suponhamos que você queira viajar, nesse caso, antes de indicar o melhor crédito para você viajar, a dica é: se possível, junte o dinheiro antes. Mas se preferir recorrer ao crédito, uma opção é um crédito para viagem ou um empréstimo pessoal. Com este dinheiro, você poderá negociar descontos à vista em pacotes que incluam passagem e hospedagem. E não deixe de incluir nas despesas: gastos com refeições, deslocamentos, passeios e especialmente, compras que muitas vezes vão além do previsto. Depois disso, aproveite ao máximo sua viagem.

Já para comprar a prazo, as duas principais opções de crédito são: O cartão de crédito e CDC – Crédito Direto ao Consumidor. O CDC geralmente é utilizado para financiar eletrodomésticos, móveis e eletrônicos. O produto fica como garantia. Ou seja: Não pagou as prestações? Perdeu o bem. Por isso, tenha certeza que pode pagar e avalie os juros pra ver se vale a pena. Já com cartão de crédito tem a vantagem de, em algumas lojas, poder parcelar as compras sem juros e participar de programas de pontuação, como itaú sempre presente. Como o dinheiro não sai do bolso existe a falsa sensação de que não foi gasto. Por isso, estabeleça um valor máximo para gastar por mês. E controle de perto as suas faturas, pagando sempre o valor integral para evitar juros.

emprpessoal2Com ele, você tem dinheiro em mãos para negociar uma compra à vista com descontos e tudo mais. E também consegue quitar outras dívidas que tem juros mais altos, como o cartão de crédito e o cheque especial. Existem tipos diferentes de crédito, se você for pensionista do INSS, funcionário público ou de empresas privadas, fale com o seu gerente ou com o RH da sua empresa sobre a possibilidade de um crédito consignado. E lembre-se: o crédito não é um complemento de renda, é uma dívida nova. Se você teve um imprevisto, por exemplo, ficou doente e precisou comprar remédios. Ou teve um problema no carro e faltou dinheiro pra consertar. Você pode recorrer ao cheque especial como uma solução temporária, por poucos dias mesmo. Ele é um crédito pré-aprovado na sua conta, um limite que fica disponível e você só usa quando precisar. Mas fique atento, pois esse crédito tem juros mais altos em comparação aos outros tipos. Não use para despesas cotidianas ou para cobrir outras dívidas. Se usá-lo, cubra o que gastou o mais rápido possível, ainda que precise sacar das suas reservas ou fazer um empréstimo com juros mais baixos, como o crédito pessoal ou consignado.

Resumindo: Quando a vontade de mudar aparece, mas o dinheiro não, o crédito pode ser a melhor solução. Tanto para organizar as contas da casa, quanto para realizar sonhos. Só pense bem antes de assumir prestações novas. Tenha sob controle o quanto você deve e não comprometa mais que 30% da sua renda mensal com as prestações. Assim você resolve seus problemas atuais sem causar novos, e antecipa seus sonhos sem perder o sono. Olha só pra minha casa nova. Nem acredito que ficou pronta e linda.